Suécia e Boten Anna

A Suécia é o país de língua não inglesa com mais tradição no rock e pop. Para citar alguns exemplos de bandas ou cantores provenientes de lá, têm Abba, Petter Bjorn and John, The Hives, I’m from Barcelona, Cardigans, Roxette, entre outros.

Mas nada disso se compara ao cantor Basshunter. Além de ser o único dos citados aqui a cantar de fato em sueco e não em inglês, é o único que faz música com temas nerds como Warcraft e IRC.

A música sobre Warcraft é meio chatinha (talvez porque eu nunca tenha jogado esse jogo), mas a sobre o IRC, é perfeita ! Chama-se Boten Anna. Conta a história de um cara que se apaixonou por um bot do IRC. Vejam um pedacinho da tradução dela (afinal sueco consegue ser mais difícil que japonês):

CD
Sim, o nome do cd é LOL <(^^,)>

Eu conheço um bot.
Chama-se Anna, Anna é o nome dela.
Ela pode bani-los, bani-los a sério.
Ela limpa o nosso canal.
Quero dizer-vos que conheço um bot.
Ela vigia toda pessoa no nosso canal,
E vê se não há problemas
É impossível alguém fazer um take-over
E lembrem-se, eu conheço um bot.
Um bot que ninguém pode tocar,
E ela kicka-los quando tem vontade.
E kicka todos os spammers.
Não, ningém pode tocar no nosso bot.

Mas o melhor (ou pior) vem agora:

Veio um dia, e eu não podia acreditar.
O canal estava estranho.
Nunca pensei que estivesse tão errado.
Mas Anna disse-me “Não sou um bot, Sou uma garota muito bonita”
Foste muito estranha para mim.
Não tenho nada a dizer.
Para mim continuas a ser um bot.
Chama-se Anna, Anna é o nome dela.

Ele prefere que ela seja um bot ao invés de uma garota. Letra sensacional : P.
Assistam no Youtube com as legendas, pois com a melodia fica muito melhor. Por sinal, bonitinho o Jonas Altberg no clipe né ? Ah sim, esse é o nome que se esconde sob o pseudônimo de Basshunter.

Se o Latino fosse mais nerd, com certeza faria sua versão brasileira : P

Anúncios

3 comentários sobre “Suécia e Boten Anna

  1. nao tem nada haver com o dito acima ele nao se apaixonou por ela leiam abaixo

    Boten Anna conta a história de uma utilizadora de IRC que é confundida por um bot pelo vocalista, que mais tarde descobre a verdade. Contudo, ele afirma que na mente dele ela vai ser sempre um bot. A canção é baseada numa experência que aconteceu a Jonas Erik Altberg (Basshunter), que ele explicou numa entrevista com o site Finlandês Stara.fi. O seu amigo disse que ele ía criar um bot com capacidades administrativas para manter a ordem no canal #BassHunter.se. Quando isto aconteceu, Jonas iu uma nova utilizadora chamada Anna com capacidades administrativas entrar no canal, e pensou que era o bot. Meses mais tarde, descobriu que Anna não era um bot, mas sim a namorada do seu amigo; disse que o embarasso o inspirou a escrever a canção.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s