Zettai Kareshi, da mestra Yuu Watase

O que me incomoda em colecionar mangás é que em geral, as séries são longas. Não é raro termos séries com 20 mangás. Meu problema nem é a gastação, mas sim o fato de eu não ter lugar para guardar. Eu não tenho mais espaço na minha casa. Infelizmente não tenho espaço para por uma linda estante cheia de mangás no meu quarto. Comprar e doar, ou jogar fora é inaceitável para mim, afinal, tenho sangue de colecionadora.

Essa introdução serve para dizer que ultimamente, tenho a tendência de simpatizar com mangás curtos. Só compro mangás longos quando existe algum motivo muito forte.

Pois então, fiquei sabendo que a Conrad começou a publicar Zettai Kareshi – O namorado perfeito. Mangá de apenas 6 edições de 200 páginas. Seriezinha bem shoujo, que como não tem versão em anime, era conhecida apenas pelos otakus muito antenados, apesar de ser obra da super autora Yuu Watase, criadora de sucessos como Fushigi Yuugi (já publicado pela Conrad aqui no Brasil) e Ayashi no ceres, era, definitivamente, uma aposta da Conrad.

capa de zettai kareshi edicao 01 conrad
A capa da primeira edição nacional

Mesmo sendo curtinho, de uma autora conhecida e bem shoujo do jeito que eu gosto, o mangá não tinha me chamado a atenção. Isso até eu ler uma excelente matéria da Valéria na revista especializada Neo Tokyo. Matéria que não endeusava artificialmente o seriado. Deixava bem claro seus defeitos e suas qualidades. Mostrava exatamente o que esperar dele. Sendo assim, no AnimaWeekend, além de completar minha coleção de Chobits, decidi comprar e ver qual é de Zettai Kareshi.

O que dizer? Traço belissímo, bem do jeito que eu gosto, ou seja, limpo (apesar do bastante uso de retículas), mas com cabelos e olhos bem detalhados e bonitos. Virei fã da Watase (ainda não conhecia direito seus trabalhos anteriores). Diria que a história é uma mistura de Video Girl Ai com Peach Girl. Riiko é uma adolescente japonesa que só leva foras. Depois de mais um, ela acidentalmente compra um robô em formato de homem que foi feito para ser o namorado perfeito. Ela começa a manter um relacionamento com ele, mas nisso seu melhor amigo de infância se declara, e ela deve decidir com quem ficar. Muitas situações ocorrem. Por exemplo, Night, o nome do tal robô, é configurado para gostar da guria que beijar ele. Obviamente outra guria beija ele, roubando-o de Riiko, forçando ela a roubar um beijo dele a qualquer custo, entre outras situações. O único porém ficar por conta do comportamente da Riiko, que às vezes é bastante irritante, mas mesmo assim isso não chega a comprometer a história.

Sendo só 6 edições, não somos obrigados a suportar um monte de enrolação. A história flui muito bem. Bobinho mas bastante bem feito e engraçado. Algumas piadas e situações são antológicas. Para os fãs de shoujo mangá, simplesmente imperdível.

Anúncios

4 comentários sobre “Zettai Kareshi, da mestra Yuu Watase

  1. Ah, eu te entendo, nao ter lugar pra guardar mangá é doloroso…ç-ç’
    Nyah, eu achei muito bom, afinal, a mestra só faz coisa boa! o/
    (Ainda mais que tem pingos de perversões…)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s