Eu sou a lenda

Não sei porque o pessoal (por pessoal, quero dizer o Anderson e meu amigo ricardo) chineleou esse filme.

Talvez eu tenha gostado só porque estava esperando um lixo, mas de qualquer forma eu gostei.

A primeira metade é uma espécie de Robinson Crusoé moderno. Ou invertido mesmo, porque não é o protagonista que vai pra longe da civilização, é a civilização que se manda pras cucuias. Essa parte do filme é bem interessante, não lembro de ter assistido nenhum assim.

A segunda parte não é tão legal quanto a primeira, mas também não é ruim. Na segunda metade, o filme se torna um Resident Evil, só que um pouquinho mais legal (não que isso seja um grande elogio). Os protagonistas (A sobrinha da Sônia Braga já apareceu nessa parte) são perseguidos por várias pessoas contaminadas com las plagas (ops, vírus Krippin).

Sam e will smith

O destaque são os cenários do filme (suponho que isso é o que chamam de fotografia). A Nova Iorque abandonada está muito bem feita, matagal por todos os lados. E a cidade toda vazia ficou estranhíssima (no bom sentido). Fico me perguntando como fizeram isso. Filmaram a cidade e depois tiraram as pessoas com efeitos especiais? Outro detalhe muito bem feito é a casa do personagem de Will Smith: toda decorada com quadros famosos. Pelo menos o que eu reconheci, noite estrelada (starry night) do Van Gogh é um quadro que está justamente exposto no MOMA (museu de arte moderna de Nova Iorque). Claro que sendo o último homem do mundo, naturalmente ele deve ter pego as obras famosas e colocado como decoração de seu lar.

Pra finalizar, é incrível como tem propaganda demasiada nos filmes do Will Smith. Em Eu,robô, é o tempo todo All Star. Nesse Eu sou a lenda, é a Apple aparecendo a todo o momento.

OBS: Bastante legal os trailers que passaram antes desse filme. O trailer do Homem de Ferro me animou bastante. Comecei a gostar do Tony Stark quando li a HQ do Homem Aranha saga Guerra Civil. Outro trailer que passou foi Batman, o cavaleiro das trevas. Nunca fui muito fã dos filmes do homem morcego, mas esse está prometendo. O coringa do falecido Heath Ledger parece fantástico.

Anúncios

3 comentários sobre “Eu sou a lenda

  1. Eu gostei bastante do filme … Não achei a segunda parte ‘mal-explorada’ achei só um que já tinha passado o impacto do filme, e assim, o diretor não conseguiu manter o nível, digamos assim.

    Só uma curiosidade, pelo que eu sei, eles conseguiram autorização da prefeitura de NY para filmar algumas cenas com a cidade parada mesmo, depois botaram em CGI o mato e os viadinho correndo.
    Se não me falha a memória, a única parte que não foi esvaziada de verdade foi a Times Square.

    []’s

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s