Razão e Sensibilidade

Um dos livros que li ano passado foi Razão e Sensibilidade (no original, Sense and Sensibility, nome muito mais poético), da inglesa Jane Austen. Quando li sobre o que se tratava o livro, me interessei imediatamente: duas irmãs, Marianne e Elinor Dashwood vivem na inglaterra do século XVIII. Logo no início do livro, o pai delas morre, e assim elas ficam com poucos recursos (A.K.A pobretonas). Marianne é a mais sensível (a sensibilidade do título), Elinor é a mais racional (logo a razão).

Mas então, era um romance, com uma personagem principal com o nome parecido com o meu que se deixa levar pela emoção (tal como eu) e interpretada pela Kate Winslet no filme homônimo (a Kate Winslet é uma das atrizes que eu permitiria que me interpretasse : P).

Mas ao começar a ler o livro, decepção: é chato chato chato chato chato. Mesmo assim li o livro até o final.

razao e sensibilidade
A Razão e a Sensibilidade juntas

Mais tarde, resolvi assistir ao filme. Foi dirigido por Ang Lee, o mesmo do Segredo de Brokeback Mountain, e concorreu ao Oscar 96. O filme é bem feitinho, mas mesmo tendo o Hugh Grant (que descobri recentemente que estrela vários filmes que eu gostei), continua chato porque, como era de se esperar, segue fielmente a história do livro : P, e além disso, o final é mega corrido. De repente, personagem x do nada se apaixona por personagem y e se casam, sem muitas explicações.

Mas o filme tem uma coisa muito legal: o ator Alan Rickman. Eu adoro ele, adoro a voz dele, e é incrível como ele consegue convencer em papéis tão diferentes: ele já foi o vilão de Duro de Matar, o cara que se apaixona por outra em Simplesmente Amor, o Severo Snape de Harry Potter, e agora o cara sensível de Razão e Sensibilidade.

Coronel Brandon
Alan Rickman como o coronel Brandon

Depois dessa obra, fiquei meio ressabiada em ler/assistir outras obras da Jane Austen. Mas já estou com o filme Orgulho e Preconceito em casa (peguei emprestado), que também é baseado numa obra dela, tomará que seja melhor.

Anúncios

33 comentários sobre “Razão e Sensibilidade

  1. Ai, não é porque é meu, mas esse filme é legal. Claro, nada que se compare à Uma Linda Mulher, mas é legal.
    Posta aí pra dizer o que achou dele 🙂

    Beijos!

  2. Nossa, eu adoro esse filme. E sou fã da Jane Austen tbm. O livro tem o seu próprio ritmo, vc tem q se acostumar. E qdo vc consegue ler além da trama ‘novela das 6’ e percebe a crítica social, fica mto mais divertido. 🙂

  3. Pois é Anderson, mas igual eu acho que tem livros/filmes com trama de novela das 6 que fazem críticas sociais infintamente superiores a Razão e Sensibilidade. Como exemplo cito Desejo e Reparação, e principalmente, Madame Bovary, de Gustave Flaubert.

  4. Naum vi o filme todo e nem li o livro mais me parece legal….
    Vi até que o homem da vida de Marianne vai embora….
    Até ai é massa…
    Pretendo ver o final…

    Bjus [:)]

  5. tenho que concordar que o livro razao e sensibilidade comeca muito chato,mas e necessari para que se entenda o desenvolvimento da historia recomendo a todos que nao desista ,va ate o final pois,vao gostar

  6. Eu estou lendo o livro e até agora estou adorando, não achei nada chato. Estou ansiosa também para ler Orgulho e preconceito pois admiro bastante os trabalhos de Jane Austen.

    Parabéns pelo Blog, está bem legal ;D

  7. Conheço muitas obras de Jane Austen, e não acho que o livro Razão e Sensibilidade seja chato, mas isso é apenas uma opinião minha. Todos os romances dela são maravilhosos! Mas sem sombra de dúvida o melhor para mim é Orgulho e Preconceito… Persuasão e Mansfield Park também são muito bons ! Acho que para quem gosta de romances, vale a pena conhecer mais essa escritora que é maravilhosa…

  8. Estou postando aqui de novo pra dizer que terminei de ler Razão e Sensibilidade e amei o final. Sinceramente esperava um fim diferente para Marianne, mas me acostumei com a ideia. Quanto a Elinor, foi simplesmente perfeito e apaixonante! Comecei há umas semanas Orgulho e Preconceito e estou adorando. Jane Austen sabe realmente como prender o leitor.

  9. Eu amei ler o livro, viajei nas situações, é muito emocionante. Mas eu achei o filme um pouco chato, monótomo, e não é muito igual ao livro. Eu amo o livro, o filme não.

  10. Recomendo para todos Orgulho e Preconceito. É simplesmente maravilhoso, sou suspeita pois sou totalmente apaixonada pela história haha, mas é bom mesmo. O filme é bem legal, mas o livro é simplesmente demais!!!

  11. Eu estou lendo razão e sensibilidade e até agora não acho chato, quero ver o filme quando acabar de ler. Recentemente li Orgulho e Preconceito e simplismente me apaixonei, adorei muito o livro e o filme também. Aí resolvi procurar as outras obras da Jane Austen. O que tem me fascinado nos livros dela, além das críticas e costumes sociais, é que não é uma história clichê, as coisas demoram um pouco pra acontecer, porém valem a pena, e até acontecer alguma coisa o leitor fica na expectativa, com vontade de ler mais.

  12. oi gent…só pra da minha opinião…ja vi o filme e li o livro de ‘orgulho e preconceito’ e ja vi os filmes ‘desejo e reparação’ e ‘amor e inocência’ da jane austen e gostei de todos…nao vi ainda ‘razão e sensibilidade’,’persuasão’ e ‘Mansfield Park’ mais pretendo ver agora…adoro esses romances de época…agora gent ‘orgulho e preconceito’ é perfeito!!!amei mesmo…só uma dica…depois de assistirem o filme todo,vcs vão em EXTRA no menu do dvd e depois em CENAS INÈDITAS e vejam o filnal opcional dos EUA é perfeito pq o final do filme mesmo n é muito legal… vejam e não vão se arrepender!!!

  13. Tanto o livro quanto o filme Orgulho e Preconceito. São ótimos.
    Me tornei fã de Jane asten. Criar dois persongens como Sr. Darcy e Lizzy é obra de gênio.
    A cen ainédita da versão EUA é realmente muito boa.

  14. I admit, I haven’t been on this webpage in a long time… however it had been another joy to see It is this kind of an important topic and ignored by so many, even professionals. I thank you to assist making individuals a lot more aware of feasible issueExcellent stuff as usual…

  15. Nossa, eu terminei o livro Orgulho e Preconceito e é muito bom! Ja havia assistido o filme antes, mais o livro nem se compara. É feito mesmo para quem gosta de romance… Vale a pena ver os outros trabalhos da Jane, ela é muito talentosa. Eu recomendo!

  16. Final opcional dos EUA depois de assistir o filme todo eu assisto como se fosse parte do filme…Acho qi eles deveriam ter colocado aquela cena como o Fim de verdade de Orgulho e preconceito, pois é bem romântica e linda…

  17. Nem me fale gente, eu comprei um livro que é tipo volume único, razão e sensibilidade, persuasão e orgulho e preconceito… até agora só li e vi orgulho e preconceito… chorei demaisss!!é lindo demais!!!realmente vocês tem razão o final alternativo é muuuiitoooo melhor, mas o filme e o livro são incriveis

  18. Salve todo mundo.
    Gosto muito do estilo da Jane Austen, que tem um texto claro e direto mas que não deixa de ser romantico e poético. Meu preferido é Orgulho e Preconceito.
    Mas quero falar de Orgulho e Preconceito e Zumbis. Foi esse livro que me apresentou à Sra. Jane. Já vi a obra com zumbis ser desprezada e axingalhada, mas é divertida! Estava seguindo a lista dos 100 livros da Revista Bravo, mas após ler OePeZ, passei o Orgulho e Preconceito original na frente de cinco ou seis. Foi uma ótima recomendação à história original – esse mérito ninguém pode tirar da versão morta-viva!
    Estou doido pra ler Razão e Sensibilidade e Monstros Marinhos!
    : D

    JEB

  19. Não é chato, acontece que foi escrito numa época em que todos escreviam assim. Na verdade as personagens casam do nada porque na época em que fois escrito esse era o final de todas as moças, tinham que casar, ora essa! Logo, não é de admirar que casem sem mais nem menos.
    Gostei muito do filme e me identifico muito com Elinor.

  20. Eu odiei o livro uma (bosta)³³³³³³³³³³³³³³³³³³³³³³³³³³³³³³³³³³³³³³³³³³³³³³³³³³³³³³³³³³³³³³³³³³³³³³³³³³³³³³³³³³³³³³³³³³³³³³³³³³³³³³³³³³³³³³³³³³³³³³³³³³³³³³³³³³³³³³³³³³³³³³³³³³³³³³³³³³³³³³³³³³³³³³³³³³³³³³³ se você é burro o bastante pergunta pra alguem que sabe matematica quanto que vale isso seu fdp

  21. OI, não se sinta desanimada quanto as outras obras da Jane, sou grande fã de todos os livros… eu gosto de razão e sensibilidade, mas sem dúvida a melhor obra dela foi “Pride e Prejudice” ou Orgulho e preconceito.E o filme, a versão de 2005 com Keira foi perfeita!
    eu não assisti o filme de razão e sensibilidade,mas posso te garantir que o de orgulho e preconceito é muito bom!
    bjs

  22. Ganhei o livro Razão e Sensibilidade do meu afilhado, no início achei chato, mas no decorrer da leitura fui me apaixonando pelo livro. Vale a pena ler

  23. Ola, estava procurando resumos do livro razão e sensibilidade e acabei encontrando esta pagina da web, acabei de ler o livro orgulho e preconceito e me apaixonei por ele, mas antes de ler, assisti ao filme, fica bem mais facil de compreender, e o livro, é onde você começa a leitura e quanto mais lê mais tem vontade de ficar lendo!

    Recomendo com toda a certeza!!
    Abraço!

  24. Para as várias pessoas que cometeram esse equívoco: Amor e inocência e desejo e reparação não são de Jane Austen. O primeiro é baseado na história dela e o segundo no livro ‘Reparação”, de outro autor. Google, gente. Não é muito difícil.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s