Quando deixamos de ser criança

Sabe quando deixamos de ser criança? Quando as modinhas entre as crianças não nos atraem mais. Tipo, agora há pouco tempo, a modinha da televisão era a novelinha Rebelde do SBT, também conhecida como RBD. Também foi o filmezinho da Disney conhecido como High School Music.

Agora temos (entre as meninas pelo menos), o tal do seriadinho da Hannah Montana.

Eu só sei que esses negócios existem. Não sei quase nada sobre eles.

Claro, tem vários desenhos direcionados ao público infantil que eu acho legais, mas essas modinhas fortes, que no passado eu sempre estive atenta, deixaram de me chamar a atenção … ou talvez eu tenha só ficado mais ocupada mesmo : P

Bom, fiz uma pesquisinha na internet pra descobrir sobre o que trata esses sucessos. Rebelde eu já sabia que era a novelinha que passava no SBT, que é uma espécie de colégio interno onde acontece alguma coisa (provavelmente namorinhos e briguinhas), e ficou famosa especialmente pelas músicas grudentas chatinhas, e também pelos uniformezinhos cópia de seriado japonês.

High School musical até onde sei, é só um filme que ficava passando a exaustão no canal da Disney, e também é composto de um monte de musiquinhas. Escutei umas e até parecia divertidinho.

Já Hannah Montana eu não sabia nada. Só fiquei sabendo do sucesso por causa da revista Veja (e quando a Veja fala de um seriado infantil, é porque o negócio já é sucesso faz um tempão entre as crianças). Descobri que é um seriadinho que também passa no canal da Disney, onde a personagem principal, chamada de Miley Stewart (interpretada pela até então desconhecida Miley Cyrus), vive uma dupla personalidade. De dia é uma aluna normal, e de noite uma cantora de sucesso. No meu tempo, de dia os personagens da ficção eram pessoas normais e de noite heróis, mas acho que trocaram para ficar mais verossímil : P

Pelo visto, deve ter muita gente que não gosta desses seriados, porque a página da Wikipedia está sendo alvo de constantes vandalismos.

E conclui-se que sucesso infantil hoje em dia tem que ser musical.

Anúncios

16 comentários sobre “Quando deixamos de ser criança

  1. Ah, sei lá, odeio tudo que a maioria das pessoas gosta, isso soa tão idiota, mas é verdade, eu odeio crianças e tudo que eles gostam (menos Chaves e algumas animações). Chiquititas, acho que nem vi isso, mas Chaves e Chapolin, tirando o fato que não parava de passar, eu adorava. E também gostava daqueles desenhos aleatórios, mas todo mundo amava aquilo, e tinha um porquê. Falando nisso, tu foste no The Bootleg Beatles, Mariane? Sei lá se tu gostas de Beatles, mas enfim.

  2. Não fui não vitor, mas queria muito ter ido. Parecia bem legal aquele show. Mas eu meio que tava sem companhia pra ir, e além disso estava meio pobre (40 reais o ingresso mais barato). Não que 40 seja caro pra um show desse nível, mas quando se está em tempos de vacas magras, fica ruim : P

    Tu foi ? Tava legal ?

  3. eu acho tudo o que as crianças menores que 8 anos gostao,elas preferem tv xuxa,ursinhos carinhosos,meninas super poderosas,barbie e principalmente helle kitty.
    eu odeio tudo isso!!!!!!!!!!!!!

  4. Hannah Montana eu adoro a tua música e és muito bonita.
    Eu queria ser como tu porque eu gostava de ter a vos como a tua a tua vos parese como a dom anjo.
    O que eu queria mesmo era ir a um dos teus consertos.
    Eu tenho um perfome , um batom , um diario ,um estujo e um sede de música da Hannah Monntana.

  5. Isso tudo é infantil. Eu assisto Pica-Pau, e dai?
    PS.: RBD não é infantil e sua atitude só mostra como você é infantil. Hello Kitty é boneca do satã(?)… Xuxa é mulher do s…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s