A metamorfose, de Franz Kafka

Haviam 5 motivos fundamentais para eu querer ler esse livro: é um clássico, é conciso (palavra mais bonitinha para curto : P), eu queria entender o que é o adjetivo kafkaniano, Kafka é da República Tcheca, o país com mais gênios por metro quadrado, e principalmente, o protagonista era um caixeiro viajante, e quem é cientista da computação, adora teoria dos grafos e caixeiros viajantes : P

O livro não enrola muito, já começa com Gregor Samsa, o protagonista, transformado numa criatura horrorosa. Nunca é dito exatamente que criatura é essa, mas na minha imaginação se trata de uma baratona gigante. Eis o início:

Quando certa manhã Gregor Samsa acordou de sonhos intranqüilos, encontrou-se em sua cama metamorfoseado num inseto monstruoso. Estava deitado sobre suas costas duras como couraça e, ao levantar um pouco a cabeça, viu seu ventre abaulado, marrom, dividido por nervuras arqueadas, no topo de qual a coberta, prestes a deslizar de vez, ainda mal se sustinha. Suas numerosas pernas, lastimavelmente finas em comparação com o volume do resto do corpo, tremulavam desamparadas diante dos seus olhos.

– O que aconteceu comigo? – pensou.

Não era um sonho. Seu quarto, um autêntico quarto humano, só que um pouco pequeno demais, permanecia calmo entre as quatro paredes bem conhecidas.

Depois disso, o livro narra as dificuldades de Gregor como inseto e principalmente, a atitude de seus familiares (e chefe) diante dele. Todos tratam ele mal, a única que trata menos pior é sua irmã. Tratam tão mal, que no final, quando ele morre, é um alívio, e a família pode finalmente progredir.


Senhor Kafka

Claro, há mil interpretações para isso: uma delas é que ninguém gostava de Gregor, e no momento que ele deixou de trabalhar e trazer dinheiro para casa, ou seja, tornou-se desnecessário, um fardo, todos começaram a odiá-lo. Outra interpretação é que gostavam dele, mas no momento que ele mudou aos olhos da família, passaram a renega-lo. Entre outras interpretações muito mais sagazes. Independente da interpretação que se tenha, é fato que a metamorfose do título é muito mais psicológica do que física, é a metamorfose na mente das pessoas que mudaram seu tratamento em relação a Gregor Samsa.

Eu assumo que não gostei do livro. Achei o começo ótimo, a transformação e a tensão de Gregor quanto como vai ser a recepção dos demais quando lhe verem transformado, mas depois desanimei, é sempre a mesma coisa, a família tratando mal e o Gregor sem saber o que fazer, sem grandes reviravoltas. Pode ser clássico, ter suas qualidades, mas não é meu tipo de livro.

Anúncios

24 comentários sobre “A metamorfose, de Franz Kafka

  1. Eu li, e achei o final abrupto. Tipo, acabou? O livro é bem escrito, e se visto por um prisma mais filosófico (algo que, confesso, não “peguei” quando o fiz), talvez fique bom. Como puro e simples entretenimento, há coisas melhores.

    []’s!

  2. É, eu quis fazer esse post mais porque eu via todo mundo elogiando o livro, e eu não gostei muito dele.

    Que bom que mais gente não gostou, tava começando a achar que era a única : P

  3. Vocês só podem estar loucos.. Essa e as outras obras de Kafka são obras primas. Estórias (novelas compridas como A Metamorfose) podem acabar de duas formas: como você quer, e como você não quer. São raríssimos ou autores que tem personalidade o suficiente para terminar o Romance da forma menos esperada. É como assistir Titanic e Jack sobreviver, simplesmente perderia o clima. Acho que o mais importante que não foi exposto aqui é que Gregor morre sangrando após ter sido atingido pela maçã que seu pai o atira. Irônico pensar que mesmo tendo sustentado a família durante tempos, foi “inutilizado” após não ser mais produtivo.
    Seria interessante para nós fazer um paralelo e pensarmos com que frequência fazemos isso em nossa vida.

  4. que isso vei du nada tio.. esse livro é 1 saco pqp tem q ter paciencia viu o livro chato vai pra pqp nossa senhora no começo ce axa q parece ser +- mais qndo ce vai lendo …
    aidan fica inrolando pra kct
    o livro CHATO!!! PIOR QUE JA LI OLHA QUE JA LI 2 LIVROS ATE HOJE
    POSKPOSKPOSKPOSK

  5. concordo viu o livro chato nossa senhora
    nunka vi fikar inrolando assim né ….
    xD axei q era o unico que axava essa porra ruim ..o B O naum intendeu nada

  6. Eu tb não gostei lá muito do livro mas sei uma coisa, o autor chega a referir que gregor é uma barata. Se não me engano é a empregada que chama a ele ” sua barata velha!, sua barata velha!”.

  7. Para quem nao interpretou bem o livro, realmente ele pode ser chato e monotono e voce pode nao entender nada. Do meu ponto de vista essa novela representa perfeitamente seu genero textual pois mantem a historia inteira em volta do personagem e de tudo que ele faz, tanto que o cenario e o mesmo o livro inteiro. Realmente a uma falta de climax, porem ela e intencional para que se represente mais a metamorfose mental e o tratamento que a familia da a Gregor. O livro retrata uma familia que e ignorante e nao percebe como trata um membro da propria familia. A mae, a irma e o pai so se preocupavam com sua saude e bem estar para que pudesse trabalhar e sustentar a familia, quando ele nao tem mais a possibilidade de exercer isso e como se ele nao tivesse nenhum sentido para a familia. Ela deixa ele de lado as poucos enquanto tem que assumir seu posto. E quando morre… e simplesmente jogado fora como se nao tivesse nenhum sentido sentimental, ou emocional para a familia. Mesmo sendo u,m ser humano era tratado como um objeto, que quando necessario era utilizado e quando nao desprezado. Ele mesmo se transformou no inseto, ele mesmo quis ser dominado e desprezado pela familia, ele mesmo se matou e ele mesmo mudo o modo de vida da familia. 😦

  8. LoL! Adorei o livro! Como você gostou só do começo e não do final, o final é que é interessante.
    No final o livro nos leva a refletir:
    -Os pais de Gregor, trataram sua irmã, de uma forma que nunca havia tratado dele. Os pais dele olharam para a filha(no final do livro) e sonhavam para ela um FUTURO, com um homem.
    -Gregor era fraco espiritualmente, apesar de tudo o que aconteceu com ele, nunca lhe veio a ideia de que ele podia reverter a situação, alterando o seu passado de filho dominado e empregado subordinado. Ele estava tão angustiado que preferiu viver na vida dele, rebaixado de sua condição humana, ao se inovar.
    -Há também um significado de que a morte de Gregor significa uma libertação, tanto para ele, quanto para a família. Porém a transformação da família foi muito diferente, eles mudaram(de uma vida na escuridão) para uma vida em que fosse possível a felicidade. Isso é uma crítica à nossa sociedade, pois realmente há pessoas em situações identicas ao do Gregor(não a situação de se tornar uma barata, mas de se tornar uma pessoa sem muito valor na sociedade), porém a família de Gregor só foi se indireitar após uma desgraça.
    -Gregor sustentava a família, pagando suas dívidas. Nem o pai, a irmã ou a mãe trabalhavam. Isso é um dos motivos de seu conflito. Ele era obrigado a trabalhar para sustentar seus pais. Isto o cegou de enchergar outras melhoras na vida.
    -O próprio pai chega a tentar mata-lo com uma maçã em quanto estava transformado em barata.
    A sua irmã Grete, também sugeriu que se livrassem dele. Mas deve-se lembrar que quem o transformou em uma barata foi ele mesmo, que não tomou nenhuma condição e não reagiu para o contrário.

  9. O livro tas momentos que muitas pessoas vivem hoje em dia, mais mesmo asism o lviro todo nao devreria ser só isso, devria falar bem amis detalhados sobre isso ..

  10. axei esse livro um saco pois nao consegui enxegar nele o q o eduardo enxergou e demonstrou em seu comentario eu li esse livro pq fui obrigado + se vc quer ler um livro por diversão PELO AMOR DE DEUS NAO LEIA ESSE!!

  11. É assim, eu li o livro porque quis e gostei bastante.
    Se lerem e pensarem no que estão a ler irão tirar uma lição de vida. Irão perceber que o livro nos dá a ver o mundo em que vivemos!
    Se começarem a achar aborrecido e só pensarem que é “ABORRECIDO! UF! QUE SECA!” não irão compreender a mensagem profunda que ele nos transmite.

  12. Eu li, gostei muito do livro, tem uma idéia social muito forte e muito contemporânea, quando a familia passa a renegar o sujeito e o vendo como um inseto asqueroso, hoje em dia o inseto são os desempregados da família….

  13. Aff, Vai se Fuder “kafka”
    pq vc foi criar essa poha…
    só pra biscate da professora mandar eu fazer um texto…
    não sei se mando a minha professora fazer uma “metamorfose” (ta precisando viu…)
    ou se mando esse “Kafka” enfiar essa poha de “Metamorfose” no cú…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s