O misterioso caso da babá dos Muppets Babies

Muppets Babies é um desenho clássico, cheio de humor, aventura e ação. Mas acima de tudo, um desenho que me deixou durante anos com uma pulga atrás da orelha.

Afinal, quem era a babá? Qual era a sua identidade?

A babá era uma personagem cujo rosto jamais foi revelado. De fato, nada sabemos, nem nome, sequer idade. Tudo que sabemos é de sua predileção por meias verde listradas. Quem não assistia as reprises na esperança que um dia, aparecesse o último episódio do desenho e enfim, a identidade de Babá ?

Batman, Dexter, Superman e demais deveriam se espelhar nela em se tratando de como guardar uma identidade secreta.

Mas o suspense acabou, os detetives particulares do Bitpop finalmente conseguiram uma foto, de corpo inteira da babá.

Prepare-se, prenda a respiração para esse momento histórico, aguardado por todos durante anos. Contagem regressiva:

10

9

8

7

6

5

4

3

2

1

0

-1

-2

Agora entendo porque nunca mostraram.

Medo da babá. Muito medo.

Anúncios

Top 10 Desenhos mais legais do SBT

Hoje em dia o SBT tá semifalido, ninguém assiste e tal. Mas há 15 anos, um pouco mais talvez, o SBT era o canal da criançada. Não só por causa de Chaves, Bozo e tudo mais, mas pela grande quantidade de desenhos de qualidade que ele transmitia. Bons tempos que a TV aberta dava mais atenção pras crianças, hoje desenhos competem com programas de culinária na manhã, ninguém merece. A Globo tem seus clássicos tipo He-Man, Caverna do Dragão e Thundercats, mas eu, indie desde criança sempre fui muito mais SBT.

Chega de conversa fiada, ai vão os meus 10 favoritos.

1. Ducktales: O meu favorito de longeeeeeeeeeee. adorava as aventuras, a temática de viagens, de tesouros perdidos, essas coisa bem Indiana Jones, fora os personagens lendários como RoboPato e Capitão Boing.

2. Doug: Doug era um desenho bem prosaico e tal, só que tinha uns personagens meio bizarros legais tipo o Skiter que era verde. Era um traço estranho, mas as histórias eram legais, contadas em primeira pessoa as vezes. Marcou. Eu sempre me senti meio que a descobridora do desenho porque eu gostava dele bem antes de fazer sucesso e ficar popular, quando ainda passava na TV Cultura.


Cosplay de Skiter

3. O Fantástico mundo de Bob: focado na vida de Bob, um garotinho de 4 anos que tem uma imaginção muito, mas muito louca. Sempre me identifiquei com a imaginação louca dele porque minha idade mental é a mesmaa minha imaginação é exatamente assim, às vezes basta algo muito simples pra eu começar a viajar na batatinha beeeemmm bonito. E eu nunca entendi direito o pai do Bob, ele aparecia como personagem de carne osso no começo dos episódios, sempre me perguntei porque. Ele era famoso por acaso (nem que fosse só nos EUA)?

4. Cavalo de Fogo: Bastaram 12 episódios pra entrar na lista e ganhar post próprio.

5.Ursinhos Carinhosos: Mereceu post próprio[2]

6. Dênis, o pimentinha: Não sei se era só eu, mas eu não gostava do Dênis. Tipo, o desenho era legal, mas o personagem em si me desagrava, isso porque eu tinha pena do Sr. Wilson. Ás vezes o Dênis chegava a ter requintes de crueldade, e eu, criança comportada, desaprovava aquilo. Curtia mais pelos outros personagens, tipo o cachorro Ruffos e a mala da Margarida.

7. Muppets Babies: Nem preciso explicar de tãoooo clássico né.

8. Os Fantasmas: Adorava esse desenho, mas não fez muito sucesso eu acho porque ninguém lembra. Nem eu direito. A abertura era bem divertidinha, sente só.

9. Popples: Nunca entendi direito a moral, mas era umas bolinhas coloridas que pulavam e aprontavam altas confusões. Pergunta que não cala: Seriam eles os precursores de Pokémon?

10. Nossa Turma (Get Along Gang): Era um monte de animalzinho antropomórfico diferente, sendo o principal um viadinho. E eles moravam num trem. A abertura eu gosto de cantar até hoje, embora eu cantasse na época dos meus 10 anos ou menos como a Solange de BBB cantava We are the World.


IARNUOU!

Menção Honrosa -> Punky: O desenho era mil níveis inferior a série, mas não deixava de ter seus méritos. Pergunta recorrente na época era saber o que veio primeiro, o ovo ou a galinha o desenho ou a série.

Menção honrosa 2 -> Inspetor Bugiganga: Era trizinho também né?

Menção honrosa 3 -> É tanto desenho bom que fico botando menção honrosa sem parar, ad infinitum, mas claro, Pica Pau. E Tom e Jerry, etc. Vocês lembram de mais algum desenho lendário?

Tudo que você queria saber sobre os Ursinhos Carinhosos mas tinha vergonha de perguntar

Hoje vamos falar desse amado desenho que passou durante muitos anos no SBT. Basicamente, é um desenho sobre ursos falantes com desenhos na barriga que moram numa grande nuvem no céu e de tempo em tempo vão pra Terra pra fazer bondades (falando assim pareceu tão retardado…) mas enfim, qual desenho não parece tosco explicando em poucas palavras?

Embora o desenho se chamasse Ursinhos Carinhosos, o fato é que não existiam apenas ursinhos. Tinha também outros animais, tipo o Valente, uma espécie de leão. Pra mim isso foi sempre uma deturpação, uma espécie de propaganda enganosa. Nunca entendi bem o porque do nome do desenho ser ursinhos carinhosos se não eram todos ursinhos. Não era mais fácil e HONESTO chamar o desenho de Animalzinhos Carinhosos ? Pelo menos todos eram carinhosos, nessa parte não fomos enganados.

Uma coisa que era legal que eles usavam carrinhos em forma de nuvens, bem na real quase tudo nesse desenho era em forma de nuvem. O mundo que os ursinhos/bichos moravam era muito feliz e meigo, tinha até olimpíadas e coisas do tipo. Era um desenho bem educativo, sem violência, só paz e amor e tal.

E esse desenho era meio que um prelúdio de Pokémon, e a grande mania era colecionar os bonequinhos dos ursinhos, graças a minha tia, eu tive váriosss, ela sempre me dava um quando me visitava em Porto Alegre, os meus favoritos eram o azul que tinha uma nuvenzinha na barriga porque sei lá, ele tinha uma carinha meio sorumbática, coisa mais meiga e o verdinho que tinha um trevo de quatro folhas na barriga. Eu nunca fiquei sabendo ao certo quantos eram no total, de certo devia ser uns 150 (150 ou mais para a gente ter, um mestre pokémon é o que eu quero ser).

O grande rival era Coração Gelada. Coração Gelada era um cara realmente evil, que tentava fazer várias maldades. A redundância foi necessária porque o cara era mal. Eu não lembro bem qual era a sua motivação, acho que era só pelo puro prazer de fazer maldade mesmo, sabe né, pelo puro prazer de avacalhar, tipo na mesma motivação dos trolls hoje existentes na internet. Talvez Coração gelada fosse um pedófilo frustrado, e isso explicasse essa sua irá descontrolada especialmente em relação as crianças, vai saber né?

Mas Coração Gelado não trabalhava sozinho, ele tinha seus lacaios. Eles eram Laura e Malvado. Esses já não eram tão evils, mas eram do mal também, embora muito atrapalhados.


Faz o Voldemort até parecer legal

Infelizmente, pra não perder o costume, o SBT nunca exibiu o episódio final dessa série, sabe-se lá porque. Talvez para manter o mistério sobre quem venceria a grande batalha entre Coração Gelado e os Ursinhos : P

Decepções da minha vida: A Urna Eletrônica

Como já mencionei milhares de vezes no blog, minha infância foi absurdamente ocupada pela TV graças a inexistência da Internet. Ou seja, ou eu brincava com os meus brinquedos, ou eu assistia TV. Sabe como é, eu era menininha de apartamento, não saia muito pra rua pra brincar né.

E ai eu era obrigada a assistir infinitas vezes um monte de joça na TV. Inclusive o horário político, essa nobre faixa televisiva que ocupa um mês inteirinho (ou mais) da grade de programação de todos os canais. E naquele tempo era todos os canais mesmo, porque não tinha nem TV por assinatura.

Mas acreditem, eu não odiava o horário político. Já naquele tempo eu me divertia com as palhaçadas proporcionadas pelo horário eleitoral brasileiro, coisas muito mais bisonhas do que você pode pensar, muito mais fora da caixinha que Tiririca e sua turma, falo de coisas da estirpe de um Éneas Carneiro, de Sílvio Santos presidente, entre outras, que você só ouviu falar se nasceu nos anos 80 ou antes.

Pelo fato de eu assistir bastante horário político, mesmo sendo uma tenra criança, eu tinha vontade de votar né. Tipo, assistir um mês ou mais daquela propaganda eleitoral quase sempre bagaceira, todo santo dia, e não votar depois é super decepcionante. Minha mãe, vendo o drama que sua filha passava, sempre me ajudava me levando com ela na hora da votação. Por me levando, entenda me levando ali na urna, pra votar junto, mesmo que quem escolhesse no fim das contas fosse ela e não eu. De qualquer forma, isso me fazia sentir mais parte do processo eleitoral como um todo.

E eram outros tempos né gente, era tempo de votar na cédula. E galera, eu sei que é muito pior cédula, demora um tempãoooo pra vir o resultado e tudo mais, é um processo menos confiável, enfim, um quinquilhão de contras. Mas era muito mais legal. Tipo, anular voto, perdeu totalmente a graça depois da Urna Eletrônica. Afinal, qual a graça de apertar no botão BRANCO e o verde CONFIMA? Me digam, qual? Antes, como você podia escrever o nome da pessoa que estava votando, você podia anular seu voto de um jeito muito mais divertido. Você podia votar no Obi Wan Kenobi, Yoda, Indiana Jones, Xuxa, Marty McFly, Ayrton Senna (e ele era vivo), etc. Por sinal, parece que em várias eleições essas personalidades tinham vários votos e tal.

Outra coisa que a Urna Eletrônica tirou de nós, foi aquele clássico momento, de colocar o voto na Urna. E no caso de você ser famoso, sempre tinha que parar com seu voto na boca da Urna, pros milhares de flashes da imprensa.

Bom, a minha grande decepção com a Urna, é que quando eu finalmente completei 16 anos e estava pronta pra exercer minha cidadania, acabaram as cédulas. O voto era eletrônico.Tem coisa mais brochante? Tem né, mas enfim. Vocês entenderam.

PS: pros que não sabem brincar, é óbvio que eu não pretendia anular no Indiana Jones ou Yoda … prefiro muito mais o Marty McFly.

PPS: Partido Popular Socialista

PPPS: Sério mesmo, pros que não sabem brincar, esse post é brincadeira tá, acho política algo sério e não algo pra ficr anulando o voto em personalidades fictícias, mesmo as legais como o Marty McFly.

PPPPS: Pra quem não entendeu o PS, PPS, PPPS e o PPPPS, PS significa ‘PostScribere’, palavra em latim que significa algo como escrever depois. Logo, PPS seria PostPostScribere, ‘escrever depois depois’, assim por diante. Eu sei, explicar piada, ainda mais as ruins, é dose, mas agora você já sabe, isso se já não sabia. Patrocício blog Bitpop, sempre disseminando cultura e conhecimento.

Análise matemática das apresentadoras infantis

Oi gente

Sei que vocês adoram análises sérias sobre assuntos irrelevantes. E é exatamente isso que vou proporcionar pra vocês agora mesmo, nesse instante. Hoje é uma análise matemática sobre as apresentadoras infantis, analisadas sob a ótica de três variáveis.

As analisadas são:

a) Xuxa

b) Eliana

c) Mara Maravilha

d) Angélica

1) Variável dinheiro: A vencedora de longe é Xuxa, com os milhões acumulados na sua carreira nacional e internacional. A disputa na real é pelo segundo lugar, que fica entre Eliana e Angélica. Em último, totalmente último, Mara Maravilha, que virou pobre e tem que ajudar o marido na eleição

2) A variável pegação: Xuxa pegou Pelé, Airton Senna e Luciano Szafir. Em segundo, Eliana, que pegou Justus e milhões de outros homens. Em terceiro Angélica, que pegou por muito tempo Mauricio Mattar mas acabou com o Luciano Huck. Em último lugar, Mara Maravilha, que não pegou gente famosa e atualmente tem que ajudar o marido na eleição [2]

3) A váriavel sucesso atual: Na sua época áurea, todas fizeram sucesso, mas e agora? Como elas vão? Bom, Xuxa por mais que não tenha o mesmo sucesso de outrora, continua fazendo sucesso entre as crianças com seus filmes. Eliana em segundo pois ela virou apresentadora de programa de variedades e ganha uma grana com as propagandas em seu programa. Angélica abandonou as crianças e pegou aquele quadro chato do Video Show, ficando em terceiro. Mara Maravilha, eu não sei o que faz, só sei que tem que ajudar o marido na eleição[3].

Agora que as variáveis foram analisadas e reanalisadas, chegamos a importantes conclusões que serão apresentadas a seguir:

I) Existe uma correlação clara entre cor de cabelo e duração do sucesso. Não entre nesse ramo se você é morena.

II) Outra conclusão interessante é que a presença de uma manchinha na perna esquerda em nada altera a probabilidade de sucesso, sendo uma variável sem correlação nenhuma com as demais variáveis avaliadas.

III) Criar músicas cujo tema principal é a defesa dos Índios também em nada altera as probabilidades da apresentadora ser famosa ou não. Tanto a variável Xuxa como a variável Mara Maravilha seguiram por esse caminho, mas obtiveram resultados muito diferentes.

Em trabalhos futuros pensamos em avaliar mais variáveis e fatores, de modo que os resultados aqui apresentados de maneira ainda preliminar possam ser melhor comprovados.

Traumas de infância: o café da manhã da Xuxa

Existem muitos traumas de infância sérios como ter medo do Fofão, velho do saco ou bruxa do 71. Mas eu não tenho nenhum deles.

Sei que pode parecer estranho, mas um dos meus traumas é com o café da manhã da Xuxa. Vamos as explicações.

Lá por 91, 92, quando eu tinha em torno de 7 anos, o Xou da Xuxa era o programa que toda a criança assistia nas manhãs da Globo, nem que fosse só pelos desenhos como Caverna do Dragão, He-Man e Thundercats.

Como o programa passava bem cedo, umas 8 da manhã, a Xuxa aproveitava e tomava café da manhã no início do programa. Funcionava assim: chegava um carinha com uma bandeja cheia de delícias, com tudo que você puder imaginar: pães, frutas sortidas, presunto, queijo, iogurtes, alfajores, geléias, mel, requeijão, doce de leite, biscoitos, bolos, tá me dando uma fome … vê aí pra relembrar bem (alerta: não assista se estiver fazendo dieta).


Spoiler: Xuxa vai comer várias delícias.

Assistiram o video? Notaram a gana da platéia em comer aquele café da manhã mágico?

O problema maior é que o meu café da manhã era sempre algo como um pão francês e tipo 2 ou 3 variedades de coisa pra passar em cima, sendo uma delas manteiga, e pra beber, apenas água ou leite com achocolatado. É que convenhamos, nenhuma mãe se dá ao trabalho de comprar tantas variedades de coisas, até porque logo estraga e tal. Só que era frustrante ter aquele café da manhã enquanto a Xuxa comia todas aquelas gostosuras maravilhosas na nossa frente.

Na real, tinha uma coisa que revoltava mais ainda. O fato de na realidade ela não comer aquelas delícias maravilhosas. Assim ó, chegava o garçom (que às vezes era uns paquitos gatinhos, mas na época eu nem reparava nisso) com a bandeja repleta de sabores e quitutes e ela comia uma coisinha aleatória, e dava o resto pra platéia. Tipo, ter tudo aquilo e comer só um petisquinho mínimo ? Então pra que mostrar aquela bandeja só pra nos encher de água na boca? Claro que quando cresci desenvolvi várias teorias a respeito, a mais aceita é que ela comia tudo sozinha antes do programa iniciar, e depois preparavam uma bandeja só pra ela levar no palco pra distribuir. Ou vai ver o programa era gravado de tarde e aquele café da manhã era totalmente fake.


Avance para 6 minutos para ir direto pro café.

No fim das contas, tomar o café da manhã da Xuxa virou um dos meus sonhos de infância não realizados. O mais perto que cheguei disso foi com os famosos Cafés Coloniais da Serra Gaúcha. Visto que a Xuxa é gaúcha, não me surprenderia que ela tenha se inspirado no Café Colonial para criar o seu. Você que nunca teve a chance de desfrutar um, vou explicar como funciona: entre 2 e 6 da tarde, em vários locais da Serra Gaúcha se encontram lugares que por um preço como 20 ou 30 reais por pessoa oferece Cafés Coloniais, que nada mais são do que infinitas porções de tudo que tinha na bandeja da Xuxa e muito mais. Se eu fosse malandra mesmo, abria um e usava isso como marketing: ‘realize seu sonho, venha tomar o café da Xuxa’. Acho que iria fazer sucesso, já que não é só eu que tinha essa vontade.

PS: Apesar de tudo, adoro a Xuxa e não sou do grupo de detratores dela. Xuxa sempre será a rainha para mim. Sei que no fundo o café era só pra incentivar as refeições saudáveis.

Outro PS: Xuxa, se estiver lendo isso, me convide para um café da manhã na sua casa.

Ainda outro PS: Fugindo um pouco do assunto, o que será que tinha dentro da Nave? Será que era só fumaça mesmo? Ou uma fumaça especial tipo a de Lost ?

Big Brother Polônia

Então, mesmo aqui na Índia, eu tô assistindo o Big Brother pela Internet. Dito isso, esses dias eu tava assistindo e mostrei pra Paula, a polonesa que mora comigo. Era justamente o programa que aparecia a cena do Michel e da Tessália embaixo do edredon. Daí eu falei pra ela que a Tessália tava sofrendo a maior rejeição do público brasileiro por causa disso.

Eu jurando que ela ia ficar chocada, mas ao invés disso ela diz: o Big Brother Polônia é muito pior! Respondi: ah tá, duvido. Big Brother Brasil é cheio de putaria, casais fazendo sexo, dançando sensualmente, dúvido que na Polônia seja mais apelativo.

Aí ela me mostrou o video da cena de sexo entre a participante Frytka e o participante Ken do Big Brother Polônia terceira edição. Pra vocês terem uma idéia, foi numa banheira, sem edredon, sem nada !!!

Ela me contou que depois a participante foi eliminada com muitos votos, sofreu alta rejeição do público também já que a Polônia é uma país muito católico. E adivinhem o que a Frytka (apelido para Agnieszka Frykowska) fez depois da eliminação? Óbvio, posou na Playboy !!! E também gravou um cd e participou de alguns filmes.

Mas não é só isso, também teve esse participante doido que quebrou tudo na casa, dando inveja nos maiores barraqueiros do Big Brother Brasil !!! Sério, Big Brother é baixaria igual em todo o mundo : P

Pra terminar o post, fiquem com a versão polonesa da música de abertura, igualzinha a do nosso BBB (mas em polonês, óbvio).

PS: Viram que bonito que é intercâmbio cultural? : P