Traumas de infância: o café da manhã da Xuxa

Existem muitos traumas de infância sérios como ter medo do Fofão, velho do saco ou bruxa do 71. Mas eu não tenho nenhum deles.

Sei que pode parecer estranho, mas um dos meus traumas é com o café da manhã da Xuxa. Vamos as explicações.

Lá por 91, 92, quando eu tinha em torno de 7 anos, o Xou da Xuxa era o programa que toda a criança assistia nas manhãs da Globo, nem que fosse só pelos desenhos como Caverna do Dragão, He-Man e Thundercats.

Como o programa passava bem cedo, umas 8 da manhã, a Xuxa aproveitava e tomava café da manhã no início do programa. Funcionava assim: chegava um carinha com uma bandeja cheia de delícias, com tudo que você puder imaginar: pães, frutas sortidas, presunto, queijo, iogurtes, alfajores, geléias, mel, requeijão, doce de leite, biscoitos, bolos, tá me dando uma fome … vê aí pra relembrar bem (alerta: não assista se estiver fazendo dieta).


Spoiler: Xuxa vai comer várias delícias.

Assistiram o video? Notaram a gana da platéia em comer aquele café da manhã mágico?

O problema maior é que o meu café da manhã era sempre algo como um pão francês e tipo 2 ou 3 variedades de coisa pra passar em cima, sendo uma delas manteiga, e pra beber, apenas água ou leite com achocolatado. É que convenhamos, nenhuma mãe se dá ao trabalho de comprar tantas variedades de coisas, até porque logo estraga e tal. Só que era frustrante ter aquele café da manhã enquanto a Xuxa comia todas aquelas gostosuras maravilhosas na nossa frente.

Na real, tinha uma coisa que revoltava mais ainda. O fato de na realidade ela não comer aquelas delícias maravilhosas. Assim ó, chegava o garçom (que às vezes era uns paquitos gatinhos, mas na época eu nem reparava nisso) com a bandeja repleta de sabores e quitutes e ela comia uma coisinha aleatória, e dava o resto pra platéia. Tipo, ter tudo aquilo e comer só um petisquinho mínimo ? Então pra que mostrar aquela bandeja só pra nos encher de água na boca? Claro que quando cresci desenvolvi várias teorias a respeito, a mais aceita é que ela comia tudo sozinha antes do programa iniciar, e depois preparavam uma bandeja só pra ela levar no palco pra distribuir. Ou vai ver o programa era gravado de tarde e aquele café da manhã era totalmente fake.


Avance para 6 minutos para ir direto pro café.

No fim das contas, tomar o café da manhã da Xuxa virou um dos meus sonhos de infância não realizados. O mais perto que cheguei disso foi com os famosos Cafés Coloniais da Serra Gaúcha. Visto que a Xuxa é gaúcha, não me surprenderia que ela tenha se inspirado no Café Colonial para criar o seu. Você que nunca teve a chance de desfrutar um, vou explicar como funciona: entre 2 e 6 da tarde, em vários locais da Serra Gaúcha se encontram lugares que por um preço como 20 ou 30 reais por pessoa oferece Cafés Coloniais, que nada mais são do que infinitas porções de tudo que tinha na bandeja da Xuxa e muito mais. Se eu fosse malandra mesmo, abria um e usava isso como marketing: ‘realize seu sonho, venha tomar o café da Xuxa’. Acho que iria fazer sucesso, já que não é só eu que tinha essa vontade.

PS: Apesar de tudo, adoro a Xuxa e não sou do grupo de detratores dela. Xuxa sempre será a rainha para mim. Sei que no fundo o café era só pra incentivar as refeições saudáveis.

Outro PS: Xuxa, se estiver lendo isso, me convide para um café da manhã na sua casa.

Ainda outro PS: Fugindo um pouco do assunto, o que será que tinha dentro da Nave? Será que era só fumaça mesmo? Ou uma fumaça especial tipo a de Lost ?

Anúncios

Personagens coadjuvantes do Tokusatsu que marcaram nossas vidas: Miya

Meio que copiando a Tati do Respeite meus Mullets, estou lançando posts temáticos no meu blog, mas claro, tudo com o meu jeitinho. A série de posts se chama ‘personagens coadjuvantes de tokusatsu que marcaram nossas vidas’. O personagem de hoje é a Miya, aquele bichinho meigo de Jaspion, que desperta reações que vão do amor ao ódio, passando pelo desprezo e compaixão.

A Miya era um ser galáctico (adoro essa palavra) que foi adotado por Jaspion no primeiro ou segundo episódio. Seu nome provem do latim Miya que significa ser que … sério agora, seu nome vem do fato que a criaturinha só fala Miya. Isso me leva a crer que Miya é a tatatatatatataravó (faltaram 14 tatas) dos Pokémons visto que eles sofrem da mesma síndrome de só conseguir repetir o nome (exceto pelo Meowth, é isso aí).

A Mia servia pra fazer a parte cômica junto com a Anri. E também pra virar aquelas reféns fáceis do Satan Goss e seus servos capturarem. Nunca morri de amores por esse personagem, mas também não nutro um ódio que vários fãs sentem só por ela ser meio chatinha e inútil. Mas o fato é que é um personagem marcante. Na época em que assisti Jaspion pela primeira vez, eu tinha usn 4 anos e achava a Miya bastante meiga, mas reassistindo aos DVDs lançados pela Focus filmes percebi que na realidade ela era meio feinha coitada.

No entanto, a pergunta que sempe ficou é: Qual o sexo de Miya. É um personagem homem ou mulher. Quer dizer, macho ou fêmea ? Ou será que criaturas espaciais que iniciaram a linhagem dos pokémons não tem sexo ? Seria Miya Hermafrodita como supostamente é Lady Gaga ? Só o tempo nos respoderá.

Ou o pássaro dourado.